Outono: tratos no jardim e quintal

Tempo estimado: 2:05 minutos.
Restos de hortaliças, cascas de ovos, folhas e ramos: um composto cheio de saúde para a terra!

Já estamos em maio, época do ano em que as chuvas diminuem, o céu fica claro durante o dia, muito sol, com o friozinho já se avizinhando ao anoitecer e amanhecer. É nesse tempinho ainda quente durante o dia que a gente vai para o jardim, porque lá há muito o que se fazer: a grama e o mato não vão crescer rapidamente, então temos tempo para olhar cada uma de nossas plantas, sejam arvores ou em vasinhos: as que já deram flores, como as rosas e precisam de poda; as folhas já secas das dracenas, que vão dar lugar a outras mais novas. E os antúrios? Eles enraízam bastante, e na medida em que vamos aguando, vão aparecendo as raízes na base de seu caule: hora de completar com adubo de boa qualidade, cuidando para deixar sempre espaço entre a boca do vaso e o nível da terra, para que sobre espaço para aguar. Se achar que há muitas mudas, que tal formar novos vasos? Por falar em adubo, vamos colocar aquele composto orgânico caseiro no pé das fruteiras e das flores que estão espalhadas no quintal: se ainda não fez, vamos fazer: faça pequenas covas, em que possa colocar restos de frutas e hortaliças, sempre cobrindo com terra, alternando com mais camadas até chegar no nível do solo. Ali pode ir a cinza da churrasqueira, cascas de ovos, folhas secas e verdes, ramos. Em pouco tempo tudo estará bem curtido e pronto para incrementar de saúde nossas plantas. Mãos à massa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *